Container – A nova tendência da arquitetura no mercado imobiliário

container

Container – A nova tendência da arquitetura no mercado imobiliário do século XXI, e já é muito comum ver lugares super descolados e criativos usando a estrutura desses módulos navais como base para a edificação.

Tudo começou na Inglaterra nos anos 90, quando arquitetos passaram a utilizar módulos abandonados em docas ou perto de estações de trem como outros usos que não o transporte de cargas.

No Brasil, essa tendência tem se consolidado na medida em que novos projetos surgem, principalmente em regiões perto de portos, onde a disponibilidade das “caixas” é maior.

Casa Brise (2016) –  Projeto: Felipe Savassi – Foto: Lucy Hallak

Fatores como versatilidade, flexibilidade, mobilidade e modularidade fazem da arquitetura em container uma tendência que veio para ficar.  Isso sem falar no estilo…

Os projetos costumam ser de 15% a 30% mais baratos e levam cerca de 1/3 do tempo que uma construção convencional. Isso no mercado imobiliário significa menor tempo de retorno do investimento, logo mais lucro!

Container House (2017) – Projeto: C3 UP – realtor.com

Não podemos deixar de mencionar a sustentabilidade, uma vez que esse sistema construtivo se caracteriza pelo reuso de seu principal componente, por ser uma obra limpa e industrializada, ou seja,  pouco desperdício de materiais e pouco uso de recursos naturais, além de menor peso estrutural, o que gera menos gastos com fundação. Tudo isso se traduz em previsibilidade orçamentária.

Giant Containers – Costumo dizer que a obra em container não é uma obra e sim uma montagem. É rápida, sustentável e com um estilo industrial que deixa o ambiente com um charme a mais.

Apesar de serem feitas de aço, a combinação de materiais, revestimentos e outros elementos arquitetônicos confere sofisticação ao visual do módulo.

ME:OU (2015) – Projeto AB Design Studio – Foto: Jim Bartsch

Várias são as possibilidades de uso, que vão desde o residencial ao corporativo, comercial ou institucional.

No entanto, cuidados devem ser levados em conta ao contratar seu projeto em container, visto que é um sistema construtivo relativamente novo no Brasil e demanda  mão de obra especializada, seja para concepção ou execução do projeto.  A não observância deste item pode provocar dor de cabeça e prejuízos em sua obra. Portanto fique atento!

Loft Container (2010) – Casa Cor – Projeto Ferraro Habitat

Itens como circulação cruzada de vento nos ambientes, amplas aberturas protegidas do sol, iluminação natural, brise soleil, revestimento termo acústico, estudo de insolação e sombreamento, laje jardim, captação e reuso de águas pluviais além de outras técnicas bioclimáticas de conforto ambiental são itens obrigatórios a serem observados no projeto em container.

A regulamentação é a mesma das construções de alvenaria. Mas, por ser uma técnica diferente, algumas cidades podem dificultar o alvará. No geral, entretanto, você vai precisar dos mesmos documentos, além do projeto legal.

E você? Está esperando o que para fazer seu projeto em container?

Por: Felipe Savassi – Arquiteto Urbanista

Participe da discussão

2 thoughts on “Container – A nova tendência da arquitetura no mercado imobiliário”

  • Maria Cristina

    Gostaria de saber o valor de implantação de projeto residencial de mais ou menos 90 m2.

    Reply
    • Tahseen

      Olá Maria Cristina, obrigado elos eu interesse. Passei o seu email para o arquiteto Felipe Savassi que tem todas as informações.

      Reply

Compare listings

Comparar